POEMAS DO NICODEMOS

Aqui você encontra um pouco do meu pensamento e sentimento. São garrafas lançadas ao mar virtual, na espectativa do encontro com outros sobreviventes... Palavras que buscam evidenciar, veladamente, o È.

7.9.09



nunca o chão foi tão macio

nem o amor foi tão inteiro
como dois deuses no cio
nossos corpos se encontraram
e assim se completaram
como a pena e o tinteiro




...

2 comentários:

  1. lírico ao extremo - bom

    abraço, nico

    ResponderExcluir
  2. Nico, demos. Demos a mão à palmatória. Numa aula de teologia, o professor, sem motivo nenhum aparente - ou é teu amigo - disse: "Nicodemos é um grande nome." É um nome exemplar, ele deve ter completado. Como sou distraído, não entendi por quê. Exemplo de quê? Eu já escrevi um Soneto do Amante Exemplar - és tu? Não diria, poderias te ofender lendo... Mas estás amando, hein. Estás sempre amando. Viva!

    ResponderExcluir