POEMAS DO NICODEMOS

Aqui você encontra um pouco do meu pensamento e sentimento. São garrafas lançadas ao mar virtual, na espectativa do encontro com outros sobreviventes... Palavras que buscam evidenciar, veladamente, o È.

1.9.09

videoVideo-poema construído a partir da xilogravura "Rosa". A música é "O Rei mandou dizer", na viola de 10 cordas. A captura de imagens foi feita por Adino.

3 comentários:

  1. Amigo Nicodemos,

    Quanto tempo, hein ?
    Estou visitando seu espaço pela primeira vez, porque me chegou uma propaganda. Precisamos conversar sobre grandes projetos musicais. Muitas novidades estão para mudar o mundo artístico no Crato. E também quero contar com a sua presença no Blog do Crato, que há 3 anos o convido.

    Um grande abraço,

    Dihelson Mendonça
    www.blogdocrato.com

    ResponderExcluir
  2. uma rosa é uma rosa é uma rosa

    Muito interessante, Nico. Faria poemas só na madeira, se pudesse.

    Como "Um poema se faz com palavras" é o óbvio, escrevi "Um poema se faz com raízes de palavras, iniciando um poema do "Emparedado". Mas isso é outra história.

    Aquele abraço.

    ResponderExcluir
  3. endemoniado Nico:
    Que grande e alvissareira novidade. Quando escrevi de ti lá no meu (www.mafuadohpa.blogspot.com), havia te pedido uns poemas. Os vejo por aqui. Vou frequentando, lendo, vendo, indicando e se possível elogiando, pedindo mais, cutucando e aprendendo. Toque o barco, pois mesmo quando o vento não é muito favorável, eu sigo em frente, só remo mais, muito mais. Posto um por dia e tento fazer com que isso não me tome muito tempo. Vou ser assíduo. Abracitos do Henrique Perazzi de Aquino, o do mafuá.

    ResponderExcluir